Suspeito de matar ex-mulher em Ecoporanga é preso

37

Uma mulher foi morta a facadas na frente dos quatro filhos em Ecoporanga, no Norte do Espírito Santo. O crime aconteceu nesta segunda-feira (1) e o principal suspeito, que foi preso, é o pai do filho mais novo da vítima.

Cleidiane Gonçalves de Souza Santos tinha 30 anos e chegou a ser socorrida e levada para o hospital, mas não resistiu. Os familiares disseram que ela sofria ameaças do suspeito.

“Foi algo eventual, não chegaram nem a morar juntos, nem a dividir a casa”, disse a cunhada da vítima, Bárbara Feliciano.

“Sabemos que ele ia atrás dela várias vezes e aconteciam discussões, mas não sabemos o teor dessas discussões”, contou.

Cleidiane Gonçalves de Souza Santos, de 30 anos, foi morta na frente dos filhos

Além de lidar com o luto e a revolta da morte violenta de Cleidiane, a família ainda teve que lidar com a demora no atendimento do Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para onde o corpo dela foi levado.

“Quando chegamos, a atendente falou que precisava da presença do médico legista para liberar um documento para o delegado assinar e dar a sequência no laudo. Tem 30 minutos que o médico chegou, que disse que o documento não é com ele, é com o auxiliar. Desde então, estamos esperando esse auxiliar”, disse a cunhada da vítima, na manhã desta terça (2).

“[A família] Já esta abalada pela morte, aí fica abalada pelo descaso dos funcionários e do órgão público. Pela demora, não tem tempo de se despedir direito, como a família gostaria, tudo vai ter que ser feito às pressas”, lamentou Bárbara.

A Polícia Civil informou que, durante a manhã desta terça, foram feitos os procedimentos necessários para a liberação do corpo. A família confirmou que o corpo foi liberado por volta do meio-dia. O sepultamento foi feito em um cemitério de Ecoporanga.

COMPARTILHE

COMENTE